19 de setembro de 2020 - 05:25

? ºC Cuiabá - MT

Economia

09/07/2020 11:14 Da redação do Assimetria

Ignorância ou crime? A diferença no controle do Coronavírus por presidentes de países Capitalistas e Socialistas

A pandemia causada pelo vírus SArs cov19 – covid19, o Corona Vírus, é uma fatalidade que ocorreu em praticamente todos os países no mundo, entretanto, chama a atenção pela evolução e as formas de controle em países que representam o capitalismo e socialismo..

                         A pandemia causada pelo vírus SArs cov2 – Covid19, o Corona Vírus, é uma fatalidade que ocorreu em praticamente todos os países no mundo, entretanto, chama a atenção pela evolução e as formas de controle em países que representam o capitalismo mundial como os Estados Unidas da América (EUA) e seu seguidor na América, Brasil com os países que tem sua orientação voltada para o Socialismo que muitos chamam de Comunismo, como China, Vietnã e Cuba.

                        Os noticiários demonstram que os EUA e o Brasil são os países com mais mortes e contaminados por Covid no mundo, chegando a mais de 130 mil mortes no primeiro e mais de 66 mil mortes no segundo, com dados até hoje e quase 5 milhões de pessoas infectadas somados os dois países.

https://www.bbc.com/portuguese/internacional-51718755

                        Características principais desses dos dois países (EUA e Brasil) são os presidentes, Trump e Bolsonaro, que desde o início da pandemia, negam ou minimizam a  pandemia.

                        Já nos países socialistas, como China, Vietnã e Cuba, os números são totalmente diferentes, tendo em vista, que conseguiram prevenir e controlar o número de mortes e contaminados.

                        Vejamos que a China, onde foi o nascedouro da pandemia, um país com 1,4 bilhões de habitantes,  quase 3 vezes mais que a soma da população do Brasil e dos EUA, houveram apenas 85 mil contaminados e pouco mais de 4500 mortes. O Vietnã com uma população cerca de 100 milhões de habitantes, houve apenas 369 contaminados e nenhuma morte, já em Cuba foram pouco mais de 2.300 contaminados e apenas 86 mortes.

                        Mas o que explica esses resultados positivos nesses países socialistas? A resposta é simples, o compromisso dos governantes em aplicar medidas rígidas de isolamento social e o comprometimento da população em respeitá-las.

                        Nos EUA e no Brasil, os presidentes tratam a pandemia como uma gripezinha e priorizam a economia em detrimento das vidas. Tanto Trump como Bolsonaro minimizaram os efeitos da pandemia e defenderam o afrouxamento do isolamento social. O resultado é que somente esses dois países possuem quase 50% dos contaminados por Covid no mundo. Veja a seguir algumas matérias com frases dos respectivos presidentes minimizando a pandemia:

                        https://g1.globo.com/politica/noticia/2020/03/25/frases-de-bolsonaro-ecoam-as-de-trump-sobre-o-novo-coronavirus.ghtml.

                        https://www.bbc.com/portuguese/brasil-53327880

                        Outra explicação é que, enquanto na China, potência mundial a exemplo dos EUA, investiram em pesquisas e já há testes em vacinas contra o vírus, no Brasil e nos EUA, investiram em divulgar o tratamento com remédios como a Cloroquina, que pesquisas já indicam que não há eficácia.

                        https://noticias.r7.com/saude/covid-19-china-lidera-corrida-por-vacina-em-ritmo-de-guerra-07072020

                        https://oglobo.globo.com/mundo/trump-diz-que-esta-tomando-hidroxicloroquina-ha-uma-semana-meia-24433259

                        https://www.cnnbrasil.com.br/saude/2020/07/07/bolsonaro-divulga-video-tomando-hidroxicloroquina-e-se-diz-melhor-da-covid-19

                        Nem mesmo o argumento de se priorizar a economia no Brasil e nos EUA são válidos, tendo em vista, que quanto mais tempo permanecem no ciclo elevado de Covid19, mais a economia sofre.

                        Enquanto na China, Vietnã e Cuba, já retornam as atividades econômicas devido ao controle da pandemia, no Brasil e nos EUA, insistem em soltar discursos de afrouxamento do isolamento social, mesmo no pico da pandemia.

                        https://oglobo.globo.com/mundo/depois-do-pior-da-epidemia-china-vive-novo-normal-teme-surto-importado-24350089

                        https://www.brasildefato.com.br/2020/07/05/cuba-da-ultimos-passos-para-retomar-todas-atividades-apos-isolamento-por-coronavirus

                        https://veja.abril.com.br/mundo/o-curioso-caso-do-vietna-o-pais-pobre-que-derrotou-a-covid-19/

                        Evidente, que o despreparo do presidente, está intimamente ligado ao insucesso do controle da pandemia, porém, citamos três países socialistas com intuito de demonstrar que a maior potência mundial e representante do sistema capitalista no mundo e seu subordinado de plantão (Bolsonaro) ficaram de joelhos perante os países socialistas no controle da pandemia.    

                        “A ignorância sai cara a quem se julga inteligente”.

                        A pergunta é: Trump e Bolsonaro são ignorantes ou criminosos?

                        “Aquele que não conhece a verdade é simplesmente um ignorante, mas aquele que a conhece e diz que é mentira, este é um criminoso.” Bertolt Brecht


Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo